domingo, 27 de abril de 2008

Nunca deixe que seu espirito sinta a cor da melancolia
não caminhe por escuro ruas se você não conseguir sair sozinho delas
não deixe que em sua alma repouse a duvida e o desejo pela morte
não se jolgue no abismo, se você não consegue voar
não corte os pulso em busca de atenção.
diga a verdade... mas não exagere em dize-la... seja sutil
cuidado com quem você ama pois afinal são os primeiros a dilacera acidas palavras
tenha e exige politica pois é a unica que muda uma sociedade
não confunda e nem misture polica com policagem
pois são diferente... elas não se misturam
Seja você e não enfatize seus atos ou atos de outros...
Weverton Andrade

Uma princesinha caminha a nosso encontro

ela ainda é anjo que esta quase chegando

seu dia está chegando!!!

ela já esta pronta para nascer???

eu já esta louca para nascer...

venha Ana... venha Ana Clara

Amigo Imaginario


sexta-feira, 25 de abril de 2008


O QUE É ARTE???


QUEM FAZ A ARTE???

"QUEM DEFINE O QUE É ARTE E O QUE NÃO É?"


QUEM DEFINE A BELEZA DA ARTE???

O Grande Espetáculo


Circo se fecha
os amigos vão mostrando
suas armas e armadilhas

Eles dizem ser amigos
são amigos!...?
rodeado seus convivo com Serpentesa
arrogância reina entre eles
a conspiração seduz cada um deles

é um manipulando o outro
usando, usufruindo e aproveitado do outro
mas eles sim são amigo

Criaram novas políticas,
eles vivem diferente agora
dizem ser política
quando em minha concepção é "politicaria"
são sujos, são vermes se fantasiados de elite

Amizade é um ato
de dedicação cotidianamente e de respeito
e não um ato de mentiras e intrigas
eles se divertem ao meio de contaminar
vidinha medíocre que não possui felicidade
eles procuram o orgasmo ao atacar a ferida do amigo


O Estranho palhaço aqui que antes fazia parte desse todos por menos
dessa baixezas, desse teatro de vampiros, uns devorado o outro
amizade podre e cretina...
a justiça e a verdade implica o crime que corrueu eles
a amizade deles se prezam a boa educação, ao sorriso, e mais um trago
da droga que viciou eles.. pois afinal o ópio deles é matar cotidiano o coração do amigo

quem sabe eu encontre a verdade...
é duro largar esse ópio que me contaminou que me destruiu ao passado
prefiro ser o excluído, o animal, do que fazer parte desse profana encenação

O Palhaço aqui saiu de cena
apenas para assentir o Grande Espetáculo
ele não critica, apenas observa na sombra da platéia as cenas decorrerem
ele nem precisa atacar, pois o próprio elenco se ataca... e ele nem quer se defender
das garras da ganância e da difamação que reina entre os plebeus daquela turminha
a verdade é a gasolina que se taca ao circo em chamas
pois a verdade é suficiente para queimar cada um deles

hoje não vai ter espetáculo, o circo se fechou
o elenco se atacam mutuamente no silencio da coxia
não existe inocente nessa historia, hoje não tem espetáculo
O Palhaço rio dos atores
a destruição caminha livremente entre eles
eles a alimentam com seu sangue
o que já é escasso por alimentar um aos outros
o que perdeu a cor, se tornou sujo o podre egoísmo que corre em cada veia dos "amigos"
O Palhaço rio do Circo
não vai ter espetáculo
o Palhaço saiu do Circo para contagia com alegria
no malabarismo da vida.

Sonhos???


não pessa para escolher entre Você ou meus Sonhos.

Pois afinal não quero ter que te perder!

Viva a Alienação!!!


quinta-feira, 24 de abril de 2008

Realidade???


o piano tocame tao fundo que pareçe impludir toda minha dor
o piano aparecer florar minha dor, minha magoa

somos amigos?
nem sei definir o que é amigo mais?
tornei um qualquer?
por que me dexei perder por um vazio carater ?
um vazio amor! um vazio escuro!!!
por que meus poemas sao tristes quando normalmente eu sao tao feliz

felicidade é a esposa do tempo e mae da paixao da amizade e do amor e logico da savedoria??
nem sei acho que vi isso numa peça!!!!

acredito eu que tento esconder de mais meus problemas
e nos poemas eles se explodem não se saturam

por que tenho que renegar reprimir meu lado infantil
por mamae por que gnomos não existe?
mas eu vejo fadas. eu sim a vejos
elas me contam segredos e me fachem voar juntas com as bruxas
voar com ar de sonhar
ate parece um sonho... as bruxas existe sim mamae você é que não existe
e nem eu... pois somos nós as fantasias

a morte
quem é a morte? ela exite é um fenomeno
é que nem a primavera ela existe é apenas um acontecimento?

.
.
.

Me Responda Você


Quem defini o que é politica? e o que politicagem?


se Deus existe, por que eles vez um povo acreditar


em Padres (e seus derivados, como pastores...) que o


sonho mata os planos de Deus?? E quem disse que eu vim ao Mundo para reproduzir?


e por que a Santissima Hipocrita Igreja Errou tanto e os Homem ainda os vê como Santa Casa


se a Igreja é inspirada por um Deus... quem errou tanto a Igreja ou Deus?


Qual é a fonte Bibliografica da Biblia???
.

Jesus Cristo está morto

.

faça você a sua revolução.

.

.

.

quarta-feira, 23 de abril de 2008

Um Desejo Chamado Larissa


Frases e mais Frases

todas ditas em brincadeiras

em ironias e claro em multiplos sentidos

em nossas brincadeiras...

em nossas besteiras


Garotinha, és uma alma de encanto

sua alegria contigiam as pessoas ao redores

mas mesmo sendo "Amigos"

os meus desejo foram alem de um abraço, alem de um aperto de mão, alem de um beijo ao rosto

meu desejo por ti... foram desejo de um Homem a uma mulher


Como vc disse hoje: "nosso jeito de macaco do circo"

é que queima minha expectativas de chances

nossa a cada vez que se toca November Rain

é por ti que fecho os olhos e você esta ao meu lado me abraçando


calarei me perante cada gesto seu de amizade

para apenas observar seu atos de mulher apaixonada

mas sei que o seu coração pertence a outro


menininha destrambelhada

és sim uma representação do que é feninismo

você sim sabe lutar com garras e dentes


é tão estranhos somos tao parecidos em certos habitos

como amar o teatro, quer formar em teatro, amar Engenheiros...

bla bla bla

somos parecidos... mas não somos feitos um para o outro...

somos ate diferente em muitos aspectos... mas continua não sendo um para outro

sábado, 19 de abril de 2008

Fotos & Poemas












Rainha de Espada

“”
Cansei de brincar de imaginar meu presentes e meus amores
Cansei de brincar de carinho quero brincar de “medico” agora
Enjoei de zombar das roupas e criticar atos
Quero brincar de beijar
Brincar de se perdeu nos encantos do amor

Não quero mais ser poeta
Tentar ser um poeta
Agora escreverei sem sentido e sem palavras
Leia cada símbolo pois cada símbolo é um sentindo

Cansei de ser a rainha da popularidade
De me da certo com todos. De ser o “anjinho”
Quero vestir minha rouba de gladiador e entra na covas dos leões

Quero escrever a rosas dos campos
As bactérias do corpo
O maior câncer são as palavras que são ditas sem serem refletidas

Detesto ser o psicólogo, o que escuta tudo
Desejo ser o bobo da corte
Desejo ser a prostituta mais vulgar e mais bela
Que pisa em todos que mata as flores ao caminhar
Mas sabe ao fundo que ama outra prostituta
Que alem de secar as flores, se corta nelas,
Cortas as pessoas ao redor com seus flertar de dor

Cansei de ser um carta apenas uma carta em suas jogadas
Se for para usar que me mande a mesa e pare de apenas
Guarda-me em suas mãos
Esqueça da roupa real e da educação
Engula a etiqueta... pois a rainha se sufoca
No meio de sua realeza

A rainha esta bêbeda, drogada apenas esperando
Que o rei cheguei de mais uma de sua varadas noites com as prostitutas
De um celeiro sujo, vulgar
O Rei mesmo sendo vermelho, esquece de olhar a beleza negra
Pois ate a dor tem sua beleza
Ate a morte tem sua arte
Ate os mortos tem seu sentindo




Me procure quando estiver só
Pois é isso que sou na sua vida
Apenas um futuro substituto
Mas me procure quando estiver só.

Primavares de Horrores


Alucinado acordo subitamente demais uma noite
é estranho acordar sem saber que mascara usar hoje
quem eu vou ser hoje? procura a musica mais linda
a rouba mais curta, o pensamento mais pervertido...
e olho no espelho, não gosto e troco de musica, de mascara e de figurino
pois eu quero um palco e não me prostituir

Então olho no espelho e vejo o cabelo arrumado
a rouba toda passadinha com a musica clássica mais bela
e digo cansei do certinho e eu não to indo para a igreja
para vestir a fantasia de cordeirinho

Pego a rouba mais velha, a bermuda que era uma antiga calça
o tênis com furo na sola e no lado perto ao cadarço
não me maquiei basta a mascara que mostra a expressão de cansaço
que procura liberdade e se inspirar em algo diabólico
hoje não escreverei cartas de amor
não pedirei perdão por existir
nem "cantarem a mulher do próximo"
apenas curtirei a dor de existir e de amar
a dor de ser algo inútil e de nem por meus sonhos
eu lutar... cantarei mais desafinado possível na coxia da vida
gritarei apenas para ter a atenção
roubarei teu coração apenas para descartá-lo
mas ao final sei que quem vai descartado serei eu


Estranho é odiar a rubra cor que corre em minhas
é querer ter se apaixonado por fadas
é ter beijando as bruxas
Eu faço a diferença, beijei a donzela mas não me contentei
tive que beijar a vilã... só na minha
Eu princesa e bruxa amaram o "mocinho" ou será o "vilão"
eu nunca foi mau... apenas fiz concretizar os desejo de homem


massacre o coração de todos ao me redor quando via que o meu também era massacrado
antes eu amava princesas ou ate mesmo bruxas hoje me apaixono por vacas
é preso de ser sujo... fazer o que meu coração se perde no meu de minha sepultura
doce coveiro... que sorriso encantador ele tem
seu olhos mostra o universo... seu olhos são a morte
meu corpo ao chão, na sepultura, acima da sepultura
que estranho... mas sei que ele me quer... mas que nojo

Leva coveiro a minha casa que eu quero ver meu pai
quero recitar poemas a minha mãe e abraçar meu irmão
quero grunir pelas trombetas, não agüento mais esses pesadelos

não desejo. não quero nem direi crônicas sem sentidos
quero me aprofundar nos meus encantos de tristeza
quero viver minha arrogância e caminhar de mão dadas com a solidão
eu diria "free" apenas "free" para ti eu seria a prostituta grátis
para ti eu seria a humilhante prostituta apaixonada
aquela que se perde ao meio de seu profissionalismo
para amar

MEU AMOR EU NÃO IRIA A CAMA POR IR
E NEM IRIA NESSA PRIMAVERA QUE EU ENCONTRO
POIS IR A CAMA COMIGO É UM ATO DE NECROFILIA
É ATO PERDIDO... UMA AÇÃO DESNECESARIA E UM ATESTADO DE OBITO
EU JAZ MORTO... APENAS VIVE O DESEJO DE QUE ESSA PRIMAVERA ACABE
MINHA PRIMAVERA DE DORES
de cenas obscuras, cenas vulgar
cenas de desejo~

NÃO QUERO SER MAIS UM NA SUA LISTINHA
NEM PRETENDO ME PERDE POR PESSOAS
QUE SE ENCONTRA NA COVA
PARA QUE AMAR OS VIVOS
SE EU AMO ESTAR MORTO
MAS O GOSTO DE TEU CORPO VAI FICAR NA MINHA MENTE
O GOSTO DA SUA BOCA AINDA VAI ME LEVAR A LOUCURA
POR DIZER NÃO... E POR TER FEITO
E POR TER BEIJADO O DIABO
É MEU QUERIDO IRMÃO PERDIÇÃO FOI A MINHA

POSSO NÃO TER CRAVADO A FACA AO PEITO
MAS SEU PEDAÇOS CORTA ME DE DENTRO PARA FORA
É MAU QUE SE SENTE AO PERDER SE UM AMOR
É FACA QUE BATE O PEITO
É ACIDO QUE SE CORTO PO DENTRO
É FOGO QUE QUEIMA SE POR FORA
E É AGUA PROFUNDA QUE AFOGA SE A ALMA

Uma Canção

Morte
Apenas morte e tudo morto do inicio ao fim
Campos destruído, sangue escorrendo pelos corpos e corpos
Foi em nome de amor
E quem diz o amor não mata não destrói
Gerações e gerações o amor
É apenas uma criança teimosa e persistente

Não morri, mas ajoelhado ao chão
Peso a... Que me a morte

Pois sei que a morte vaga ao meu lado e que uma hora
Ela vai beijar posso ate não encontre não conseguir estrutura uma família
Posso me perde de cansaço

Observe que veras que aos poucos tudo ao seu redor se destrói
Tudo entra em conflito e em destruição
Tudo se perde tudo se apaga
Veja que a cada passo você esta cada vez mais perto da morte
Ou ela de você e quando você menos espera sentira seu corpo frio e estará em local abafado e escuro
Reze para que você não tenha consciência... para não sentir a passo de cada mostro que ao pouco vai devorar que ao pouco vai destruir você

Espero apenas que a vida se encerrei em tragédia
Para apenas ver a cortina se fechar aos aplausos.

Meu Sangue


Quero zarpar no infinito
Cansei sim... e continuo cansado de tudo e todos
Cansei de tomar chá olhando pela janela esperando você voltar
Cansei de dormir sozinho e sentir a cama gelada por sua ausência

Cansei de não consegui mais gritar sinto falta de você deixando as coisas caírem
Derrubando tudo com seu desastre
Vou me maquiar, pegar minha calça amarela, meu boné verde
E caminhar pela noite com a blusinha de bolinha
Caminharei sobre os cacos do nosso amor
Sobre as enferrujadas lembranças do nosso fogo

Mais ainda sonho com a rosa
Ainda quero a flor vermelha

Quero perdoa meu sangue
Quero perdoa os ato imprudentes e atos de carrasco

Amar-te é odiar-te
A cada segundo que eu te ódio eu amo-te mais ainda por estar de odiando

Quero voar pelos som do violão selo
Me perder nos na teclas de um piano
Quero viajar por seu corpo e me perder nele
Não quero ser o cantor de cabaré que vive atordoado

Vou te mandar uma carta
Te mandarei bilhetes na garrafa
Te mandarei fotos pela Fênix
Te farei escutar sentidos que falam por mim em certas musicas
"te todo o grupinho, mesmo tendo todos tendo mascaras nós temos a mascaras mais impenetraveis... fingimos que podemos ser manipulados, quando ele são os mais manipulados"

---Frase ditas a mim por anjo, por gladiador, ou apens um AMIGO.
Apenas um minuto sem a audancia de decrever texto e texto.
Um minuto por que nas mão da Bela morte foisse mais uma
não chorarei...
Apenas lembrei de esse ato...
Adeus LiLi...
***Morreu 22/04/2008

Lagrima




Em lagrimas de sangue fosse um amor

grintando, gemendo cortando me despedi de ti

suas marcas ficaram garavas no meu corpo

não me atormentarei mais

não vou lamentar por você esta indo

em lagrimas fosse

em sorrisos um novo amor virar

para sair em lagrimas de sangue de dinovo


Aos amores começam na alegria no sorriso

terminam em sangue, em lagrimas

cansei de baixar minha cabeça em melancolia

cansei de escrver em lagrimas para ti

você ja não é mais...

Seu comportamento mudou

seu tratamento comigo piorou

eu sei que talvez seja o novo jeito o qual eu te escrevo.


É dolorido,

ter que viver calado,

um amor reprimido.

Erro!!! Não foi possível processar sua solicitação. Tente novamente.

Por Que?? ou Porque???
tem diferença entre perguntar e reponder...
a respostava estava bem a sua frente
...

Não faz mais diferença se você vai conheçar parte de minha vida ou se vai.
ela agora esta aberta a ti... e não me importo
não que você não seja importante mais para mim...
você é apenas algo que faz parte de minha importantancia. Entedeu? não né.
tipo vc é apenas um colega... e é isso ai...
é pouco? não é muito. Pois por mim seria mais do que colega... mas não seria mais do que amigos.

"Nada vai mudar entre nós
Como eu sei?
Eu só sei
Tudo vai permanecer igual
Afinal
Não há nada a fazer
Eu não nego
Eu me entrego"

mas seremos amigo... ou talvez não porque amigo se "encontram" e se escolhe.
quem dera que fosse como uma vitrini apenas escolhe as ideia e pronto.

Por que eu não li nenhum deles a ti?? Porque foi você que naum pediu. Pois eles seriam lidos a ti se você pedisse para ti não havia misterios. Hoje tem!!!!!!!

olha eu isso leia e descubram os que fala de você!!!!!!
pois afinal... seja livre
leia os primeiros e os ultimos
leia como eu escrevo diferente
entenda que a cada passo tem um sinal e cada sinal tem um significado diferente
leia a entre linha... POIS EU POSSO ATE NÃO TER TIDO A OPORTUNIDADE DE LER AS ENTRE LINHAS DE SEU CORPO MAS TENTEI DEDUZILAS E RELATALAS....
a não reparei nos erros... tem muito.
POIS AFINAL EU SOU UM ERRO

PARA FINALIZAR LEIA BEM OS SIMBOLOS, OS MULTIPLOS SENTIDOS
:
:
:

as vezes é melhor
se esconder atras de mascaras
de anjo. Do que mostra a face de diabo

quarta-feira, 16 de abril de 2008

Hoje é dia que receitarei o se preferi declamarei poemas

em verdade será a tentativa de se declamar, pois poemas é mais difil que texto

é mais difil vai ser no anfiteatro na Praça Santuario

espero sair bem... ou tentar pelo mesno darei o melhor de mim

pois estou morrendo de DOR DE CABEÇA

mais uma crise de enchaqueca droguei com 5 comprimidos para dor de CABEÇA

estou ancioso... não como a estreia de um peça...

estou mais tranquilo... não muito

.
.
.

Teorema de Vida

Minha alma vaga por infinitos caminhos perdidos ao tempo

meu corpo é dilacerado por estranhas presença que me atormenta a cada passo

minha alma não tem antecedentes e muito menos Descendentes

sou filho da solidão espírito Único

minha alma não tem o poder de espelho da água

nem o calor do sol...
minha alma tem a força que habita em mim,

tem o poder de se calar e resgatar todos meu instintos
os quais perdi, não sou um poeta,

sou apenas um ilusionista que ousa manejar a caneta

tenta expressar seu sentimentos

não escrever aos milionários nem os plebeus

não escreverei a alguém

e sim a muitos, a todos, que cativaram e semearam o chão com sentimento

meu amigos são frutos da mesma arvores que eu...

são fruto da mesma geração essa a qual atravessou com fúria uma suposta existência

não serei criado de universo, apenas escrevei ao universo, e do universo

não tenho a intenção de ser um romântico que só ver as características belas

não quero me empenhar em arcardes palavras, não espero ser moderno

apenas desejo relatar o que meu olhos escutam e ouvidos enxerga

não escreverei ao fim do mundo e nem a Deus

apenas quero dilacera, determinado a todos meus vassalos

não sou um poeta

nem consigo... dizer quem sou e quem serei

não esperarei o amanha para escrever

não escreverei sobre o amanha

datilografarei o futuro e digitarei o passado

brincarei como uma criança com a realidade

afinal ainda acredito nas fadas, nas bruxas e nos gnomos

O espelho me mostra o calor da alma de uma criança que brinca dentro de mim

meu ego existe... e me faz transformações repentinas

sou um caduco que escreve para um perdido

escrevo ate para as nuvens caso necessite...

não serei um diplomata de assunto burocráticos

mas enfatizarei seu atos minha amada

escrevei os detalhes sinuosos de seu seios

escrevei sobre os detalhes das entrelinhas de seu lábios

ate relatarei o formato e os detalhe surrealista de seu olhos

as cores de sua alma serão pratiada ou escurecidas em minha folhas de papeis

seus cabelos serão modificado ou apenas relato a verdade

Minha vida seria mais simples que se conseguisse conjugar minha verdade no passado

mas é impossível, como é improvável que não escreverei os reis dos TABUS e aos reis do trafico

não enfatizarei a mentira, mas virei ela

não acreditarei os poemas me lado ignorante meu lado ultrapassado

apenas gritarei por teu corpo minha amada

não escreverei corretamente empregando o uso culto da língua

pois acho irregular e muito nerd a minha pessoa

mas ousarei empregar certos termos desconhecido a classe social

brincarei com as estrelas, brincarei de poeta

manejarei a espada que habita em minha razão

e te darei o castelo, a torre, a bruxa e descreverei me como o Príncipe Encantado

pois afinal no meu mudinho de bobo da corte posso almejar por lado fantasioso

ou apenas por navios voadores que habita no meu profundo desejo

Ao final serei um homem sonhador

que acorda de um longa viagem pelo infinito da alma da criança que habita

no meu interior... a criança que brinca de escrever e purificar meus atos de homem
.
.
.

Verossímil versus Utopia

Diz a verdade. Declama os ato vero ditos

ações inconvineintes,

[sem palavras para continuar]

terça-feira, 15 de abril de 2008

A Fada Que Marcasta O Contraste Do Meu Viver


A pessoas aos quais que desejamos a distancia
desejamos esquecer e enterrar
mas são elas os quais nos estapeia com a verdade
nos estapeia com a verocidade de se viver
...
acaba nos dando uma lição de vida e
pedindo para se calar para apenas pensar
...
Marina, és a pessoa
a qual marcaste meu espirito ao fogo de seu dedos
a pessoa que marcou meu ego
distorcio meus principios, e criou um novo homem
hoje é por ti que eu entro no meu casulo
e é sera por ti que morreu um homem
para nascer um novo. e nascera ainda um metaformose ambulante
ao qual vai destruir tudo aquilo que pensa de modolo errudito
pena que não sera contigo que eu irei dançar
a dança triufal de minha vida, e a minha ultima dança
pois certos atos se mudam para sempre
e hoje venho lhe agradeço por ampara-me no meus dias de solidão
nos meus dias de soldado covarde...
és a unica pessoa que conheçe minha introdução, indeice e analise d etrabalho
pois tu me ajudaste a construi o que sou
e Um dia... um dia teras orgulho de mim...
escreverei tudo aquilo que eu senti
e dedicarei parte de minhas lembrança a mim
EU JA SABIA DELE...
você continua não sabendo a mentir
a esconder... eu sei ler parte de sua mente, parte de seu olhos
e vc sabe me ler do fim ao fim
PARA DIZER SINCERAMENTE
Sempre Seu Amigo
By.: Nenem
P.S.: Não entregue se ao lobos!!! mas não tambem não mate os lobos!!!
P.S.S.: Não Enrole o pobre menino...

a ultima dedicada a ti

Quando Você Voltar - Legião Urbana
Vai, se você precisa ir
Não quero mais brigar esta noite
Nossas acusações infantis
E palavras mordazes que machucam tanto
Não vão levar a nada, como sempre
Vai, clareia um pouco a cabeça
Já que você não quer conversar.
Já brigamos tanto
Mais não vale a pena
Vou ficar aqui, com um bom livro ou com a TV
Sei que existe alguma coisa incomodando você
Meu amor, cuidado na estrada
E quando você voltar
Tranque o portão
Feche as janelas
Apague a luze saiba que te amo...
Não vou te agradeçer por me ouvir
nem por conversar comigo
muito menos por me responder
Apenas quero te agredecer
pelo ato de me abraçar, de me apertar
poi eu quero eu precisava de um abraço amigo
um abraço forte... OBRIGADO

domingo, 13 de abril de 2008


Eu tentava te esquecer

hoje tento apenas apreciara

dor de amar você

Certos Homens fingim que nao tem sentimentos

outros, tentam sentir, quando nada mais sente.

Não peça para acreditar

em estrelas quando

eu apenas consigo

ver luzes mecanicas.

sábado, 12 de abril de 2008

Tentativas de Versos Para Dizer Sentimentos a Marina Vieira

,
Nunca escrevi tantos poemas para tantos situações
e pessoas diferentes como atualmente...
Sabe eu estou me sentindo diferente.!?
parece estranhum começar uma carta com uma virgula, mas Lispector
pediu para lhe te lembrar dequala virgula
Lembra de quando dizia eu uma hora eu deveria para de me envolver com a tuminha de rpg?
lembra q dizia que era para ser mais eu e esquecer o resto... não me deixar levar por certas gosto de muitas pessoas???
Lembra que me dizia que ficar neutro???
no momento eu acho que seguir isso
não vejo os meninos como meus amigos mais???
as vezes vejo eles mas não reconheço mais eles...
acho que o teatro meu deu uma maturidade na marra
mas meu deu... pq hj eu prefiro caminhar por novos horizontes
me basear em novas pessoas, e levar o pasado
o Carlos tem me dado muito força, o maximo que ele pode
ms mesmo assim ninguem consegue me tocar, o Paulim fazia isso
mas hj ele não consegue mais
nosssa eu acabei te escrevendo mais coisas que eu contei para o Paulo
sei la as vezes tenhum vontade de gritar por você...
as vezes se falta dos seu xingos e lavagem de cara
tenho que confessar estou muito melancolico...
estou muito depresivo... agora é a solidão que me acalenta nos seus braços frios
tentei me estabelecer e to tentando
at eno teatro estou saindo mau
os diretores, ate eles ja me xingaram
olha a minha imtepretaçao esta muito seca,
dizem que estou amargo, que estou frio e muito pensativo
Sera???
Ninguem vê que eu caminho por estrnhas vielas, que eu tento fazer o maximo
para estar um segundo com todo o mundo... que mesmo nessa correria... eu tento estar com todos
olha ontem qdo voltei para convidar tudu mundo
eu convidei você... o convite era para ser feito a ti...
mas como achei q fosse me vilempediar nem tive a ousadia de dizer o convite direto
entap disse indireto...
Desculpas por não fazer, não correr, não gritar, por ser um nada
Sabe eu enjoei do veneno que escorria a minha volta
enjoeei de ficar me expondo as picadas
vc sabe do que eu falo...
olha só posso te afirmar uma coisa eu estou calado
eu nem disse a minha versão da hostoria
ao terminar, eles queriam ate saber
mas disse que nada diria pq era uma coisa só minha e sua
ate o Carlos eu naum disse nada
Cortei muitos ao meu redor
Mas obrigado por se preocupar comigo
e eu entedo você
e deixa eu te falr se precisar de algo sabe onde me encontrar
ABRAÇOS !!! !!! !
P.S. A Tati ta linda com aquele barrigao!!!! se ela precisar de algo que eu posso fazer pode contar... e temos que marcar uma visita. Pois eu estou devendo uma visita a ela.

quinta-feira, 10 de abril de 2008

Don't Cry To Me


assombrado por seu desparecimento

meu amor retorne.


venha surre palavras ao vento para que ao menos consiga

sentir você

se eu sou mais um carreta, mas a paixão me tornou isso

não me queres? me descarte,

mas penas deixe que eu

apenas consiga e possa ver o brilho de seus olhos

pois eu ainda não me ilude o suficiente para chorar

me conquiste, vamos lá

aposte o meu coração!!!


E eu ainda vou te superar meu beizinho...

sim agora eu fui a carta ...

mas você apenas descartou uma carta chamiscada

pois ela não chegou a ser sua,

nem consigo usa-la


venha para eus braço eu te ensino

como me usar, te ensino todas minhas artemanhas

toda a minha labia e sedução

e ao final mas ver quem vai ser o lixo??


Somos feito da mesma carne,

somos efeitos da mesma imagem vulgar

somos artistas e não.

somos atores contracendo a vida

somos um lixo de pessoa, somos nós


mas não chore por mim,

não chore, Don't cry to me, pois de você eu pisarei mais e mais

em você eu faço questão de passar por cima

e gritar ofensas... para ti eu sou vulgar


não me vindo de ninguem...

apenas apreciso a arte de ver você cair e se rastejar


mas não espere que eu rasteje junto o que te levante´

apenas sentarei para assistir seus lamentos

bebendo do seu sangue em calice de prata


Apreciando suas batidas incalaveis de desgoto

não chore por me perder

conforme em ser mais uma. Querida.

Somos nós... nesse jolguinho de manipular

domingo, 6 de abril de 2008

No tabaldo, na cortia, no procenio

Paulim, Tata, Angelita, Merina, Bruno e a BRISA DA LUA



Saimos na curtia e resolvemos atuar juntos

decidimos não nos esconder nas sombras da cortina

resolvemos atiramos ao procenio

de mascaras e dialetos decorados


no meio do espetaculo as mascaram todas cairam e mostram o passado

e a face de cada um presente, mostro as fantasias e as decisões tomadas

vimos as mentiras impostas e as verdades escondidas


nossa espatculo foi um lixo...

foi um drama comico que terminou na trajedia

acabou sem plateia e os atores ao choro

a banda funubre tocava ao fundo do palco

minha cara a verdades caminhava entre nosso pensamentos vivos e estampadas

ele zumbia ao tambores: zuuum... zuuum... zuuum... zuuum...

eu corri e sentia a chuva

a chuva gelada que molhava tudu

nosso mundo agora é brinca com a nossa infancia


ao palcos atores se uniram e descataram

e tornaram a descartarem, somos nós os manipuladores

certores atores sairam de cena no meio do espetaculo

meus gritos gruniam abafados

seus olhos retravam a minha perdição

minha Brisa você nem entro em cena mas eu declamei meu coração para ti


os relampegos trovejavam a minha loucura de existir

meu pranto, minha malicia

eu queria abusar de ti

queria ter no silencio das sombra da cortina seus beijos


fantasie de papa e de exterminador do futuro

corri e dançei bale classico

corri di novu ate que a s minhas assa batesem

voando entre o tablado da coxia


eu não vou me despir em palco para sasiar teus desejos

de me possuir nu em seus braços

eu não sou um moralista mas prefiro não ser um radical

quero ser sim o pervertido, o tarado mas apenas no nosso colchao

não só no colchao como no sofa na parede ate na cozinha


não quero ser o anjo perfeitinho

quero apenas ser um anjo com o desejo por entre as suas pernas

o desejo florando por minhas veias

Instintos Florando

Dedico esse a borboleta:Reendusen


Ontem naquela sala escura

tinha muita gente ms era como se estivesse só eue você

era como se você me encante se e me dominase


Você trocando de roupa... retirando o figurando

você sem camisa e só de sutia

minha vontade era voar para teus braço

por um momento queria não ser mais o leao

e eu queria que você me agarrase...


seu corpo transpirando...

você levanta e me abraça meus desejo flui

meu corpo em extase

por um segundo queria

arranca toda sua roupa e te emporra na parede

eu me perdendo ao som do dance

e você nem persebendo meu olhar, meus desejos


E ao final eu viro para dizendo apenas tchau

boa noite!!!!!!!


um frenezir tocava em meus ouvidos

por um estante esculto ate deus tocando guitarra

aqueles solinhos divinos

propagandos se por todo o minha mente


eu... e por uma noite

era você que eu queria usar

e abusar... ao final você seria meu descarte perfeito

mas eu sei que você me descatria pois somos toreadores

somos manipuladores de fantoches


mas eu queria sentir seu gosto

queria saber qual o seu perfume

queria saber da sua vida

queria arranha-te

e morder muito...

apenas meus intintos selvagens se revelando




sexta-feira, 4 de abril de 2008

Desculpas

Me vendo no espelho
eu me arrempedim de ter furtados o ouro
queria pedir desculpas
primeiramente aos pais por existir
por ser do-contra, e não o que eles sonhavam
queria pedir desculpas ao Paulim
por não conseguir ser mais importante e significante
do que um deque de cartas
queria pedir desculpas a Marina
por ter raiva dela, por ter vontade de conversar com ela e não ter coragem
por eu esta sintindo a falta da amizade dela, dos conselhos de amiga
queria pedir desculpa aos meus amigos em geral
por ser cabeça dura, por ser idiota,
por ser uma vergonha
queria pedir desculpa ao mundo por minha insignificancia
queria pedir desculpas a Deus, por nunca confiar nele
queria pedir desculpa a Tati por ter vontade de visita-la
e não possuir a coragem para ir
Queria saber com ta a nenem...
queria pedir desculpa a todos pelo meu lixo de pessoa
por minha arrogancia e egocentrismo
queria pedir desculpa a Cidah por não conseguir fazer o que foi mandado a mim
queria pedir desculpa a BRISA DA LUA por ter ofendido ela,
queria pedir desculpa ao Bruno, por ter usado e abusado dele...
e por minhas asperas palavras
queria pedir desculpa ao Tata por não estar do lado dele qdo ele precisa de mim
queria pedir desculpas a Angelita por não conseguir ajuda-la
queria pedir deculpa a Jessica pela distancia
e pedir desculpa ao Carlos, por estar sempre viajando
pedir desculpas por meus erros

terça-feira, 1 de abril de 2008


entao o garoto entrou em conflito

deixando cair a sua mascara

a qual ele guarda alguns segredos

a qual ele revelou amar

e acabou se envolvendo

nas suas emoçoes e revelando

que sempre vai ser fiel

E isso vai ser só mais ideologia??

ou sera verdades nas paginas
da vida dele?